Segunda-feira
25 de Maio de 2020 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,58 5,58
EURO 6,08 6,08
LIBRA ES ... 6,79 6,80

Unisa realiza júri simulado no Palácio da Justiça

Atividade teve a presença de professores e alunos.           O Tribunal de Justiça de São Paulo recebeu, hoje (11), alunos da Universidade de Santo Amaro (Unisa) para a realização de júri simulado. A atividade aconteceu no tradicional Salão do Júri – que, entre 1927 e 1988, recebeu julgamentos célebres, como os de Lindomar Castilho e “Chico Picadinho” – e auxiliou os estudantes a ganharem experiência e se familiarizem com os ritos do julgamento. Na abertura do evento, a juíza da 27ª Vara Cível, Renata Martins de Carvalho, que também é professora doutora do curso de Direito, agradeceu à Universidade e ao Tribunal por viabilizarem a atividade. “É uma oportunidade única estar neste espaço e atuar como juíza-presidente de um júri. Obrigada aos organizadores e coordenadores da Unisa pelo convite”, afirmou.         Os alunos se basearam em um caso real de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, em que o réu foi condenado a 13 anos de prisão em regime inicial fechado. A magistrada do TJSP presidiu o Júri simulado, enquanto os alunos do 6º, 8º e 10º semestre do curso de Direito dos campus Santo Amaro e Marechal Deodoro interpretaram jurados, réu, promotores, advogados e serventuários. Após mais de duas horas de prática para oitiva de quatro testemunhas (duas de acusação e duas de defesa), interrogatório do réu e debates, os jurados, em votação secreta, reconheceram a materialidade do delito de homicídio e a autoria do crime, porém, por maioria de votos, absolveram o acusado, que alegava legítima defesa.         Depois da leitura da sentença, a juíza agradeceu as palavras de carinho dos colegas. “Nós, do Tribunal de Justiça, temos muita satisfação em recebê-los. Meus parabéns aos alunos, que fizeram um trabalho excelente”, completou. A atividade foi organizada pelo professor Renato Watanabe de Morais. Participaram da simulação os coordenadores do curso de Direito da Unisa, professores Roberta Vicente de Carvalho, Gilberto Kenji Futada e James Alan Franco, o coordenador do Núcleo de Prática Jurídica, João Paulo Gunutzamann Ferreira Silva, a advogada orientadora do Núcleo, Juliana Dalla Torre Martins, os professores Michel Bertoni, André Ulrich Pinto, Cristhiane Bessas Juscelino, Luis Carlos Pilegge Costa e Lincoln Nogueira Marcellos, e a advogada e membro da Comissão da Anacrim, Débora de Castro Epifanio.         As visitas monitoradas e os júris simulados no Tribunal de Justiça de São Paulo são agendados pela Diretoria de Relações Institucionais pelo telefone (11) 3117-2596.                      imprensatj@tjsp.jus.br
12/10/2019 (00:00)
Visitas no site:  661018
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.